Entre em contato com um de nossos especialistas!

Roteiro para elaboração de projeto de prevenção de combate a incêndio

Escrito por: Diego Mello

Prevenir incêndios e garantir a segurança dos ocupantes de um edifício é uma preocupação importante em qualquer construção, seja ela comercial, industrial ou residencial. Por isso, mais que uma medida de segurança, um roteiro para elaboração de projeto de prevenção de combate a incêndio e pânico é uma exigência para o funcionamento de empresas.

Jones - Sistemas de Incêndio

Além de evitar prejuízos financeiros, a prevenção de incêndios é fundamental para a integridade física das pessoas que frequentam o ambiente. 

Mais ainda, garante a boa imagem e o pleno funcionamento de um negócio. 

Nesse sentido, a elaboração de um roteiro para elaboração de projeto de prevenção de combate a incêndio e pânico é uma medida essencial.

Para desenvolver o projeto de prevenção e combate a incêndio e pânico eficiente, a contratação de uma equipe especializada é fundamental. Mas, para ajudá-lo, abaixo apresentamos um roteiro com os principais passos a serem seguidos, confira!

Identificação dos riscos

O primeiro passo para um roteiro para elaboração de projeto de prevenção de combate a incêndio e pânico é identificar os riscos existentes.

Esse processo deve ser feito por um profissional especializado, para que a identificação seja feita corretamente. Assim, é fundamental que haja conhecimento e acompanhamento dos processos da empresa para compreender os riscos e evitá-los.

Durante a análise do roteiro para elaboração de projeto de prevenção de combate a incêndio e pânico, é necessário fazer um levantamento.

O objetivo é levantar as características do edifício e verificar se a área apresenta riscos extras (como lugares confinados). 

Além disso, o profissional irá observar:

  • Atividades realizadas no espaço;
  • Disposição dos equipamentos;
  • Localização de produtos inflamáveis;
  • Existência de fontes de calor;
  • Ventilação do ambiente.

Com base nessas informações, é possível realizar uma análise dos riscos e classificá-los de acordo com sua probabilidade de ocorrência, propagação e gravidade. 

Essa classificação é fundamental para definir as medidas para o roteiro para elaboração de projeto de prevenção de combate a incêndio e pânico que serão adotadas. 

Para esse processo os incêndios são classificados com base nos materiais em que se propagam, sendo divididos em:

  • Materiais sólidos, Classe A;
  • Líquidos inflamáveis, Classe B;
  • Equipamentos elétricos, Classe C;
  • Metais combustíveis, Classe D.

Ou seja, com base nessa classificação e os materiais presentes no ambiente, diferentes protocolos e sistemas podem ser adotados.

Medidas de prevenção 

Com os riscos identificados e classificados, é hora de definir o roteiro para elaboração de projeto de prevenção de combate a incêndio e pânico. Essas medidas podem ser estruturais ou organizacionais.

No primeiro caso, as medidas estruturais envolvem a instalação de equipamentos e dispositivos que evitem ou minimizem o risco de incêndio. Dentre as principais medidas estruturais, destacam-se:

  • Instalação de sprinklers, que são acionados quando há fumaça ou fogo;
  • Instalação de extintores de incêndio;
  • Uso de materiais resistentes ao fogo, como portas corta-fogo;
  • Instalação de alarmes de incêndio e detectores de fumaça.

Já as medidas organizacionais no roteiro para elaboração de projeto de prevenção de combate a incêndio e pânico envolvem a adoção de procedimentos e treinamentos que previnam ou minimizem os riscos. São as principais:

  • Treinamento para os funcionários;
  • Simulações de incêndio para testar o plano de evacuação;
  • Controle de materiais inflamáveis;
  • Manutenção regular dos equipamentos de prevenção e combate a incêndio.

Combate ao incêndio e evacuação do espaço

Mesmo com as medidas de prevenção em prática, é importante especificar no roteiro para elaboração de projeto de prevenção de combate a incêndio e pânico ações de preparo para o combate ao incêndio. 

Nesse sentido, é fundamental estruturar uma brigada de incêndio e definir um plano de emergência. 

A brigada de incêndio é composta por pessoas treinadas para agir em caso de emergência com o objetivo de controlar os riscos e proteger as pessoas.

Para estruturar uma brigada de incêndio, é necessário definir os membros que farão parte da equipe e os papéis que cada um desempenhará. 

Além disso, o treinamento adequado é fundamental para preparar essas pessoas e especificar as informações no roteiro para elaboração de projeto de prevenção de combate a incêndio e pânico

Também deve-se considerar a distribuição dos equipamentos de combate a incêndio e a localização estratégica dos extintores. 

Além da brigada de incêndio, é importante ter um plano de emergência bem definido sobre como agir em caso de incêndio, considerando o combate e evacuação do espaço.

Esse plano deve contemplar as etapas que serão seguidas em caso de emergência, como:

  • Acionar a brigada de incêndio;
  • Identificar a causa do incêndio;
  • Acionar os órgãos competentes;
  • Determinar ações de evacuação;
  • Estabelecer um ponto de encontro e “conferência” das equipes.

O roteiro para elaboração de projeto de prevenção de combate a incêndio e pânico também deve contemplar a comunicação com as pessoas e as rotas de evacuação. 

Por fim, os equipamentos de combate a incêndio são essenciais para uma atuação eficaz. 

Dentre os equipamentos necessários, destacam-se: 

  • Extintores;
  • Mangueiras de incêndio;
  • Hidrantes;
  • Detectores de fumaça;
  • Alarmes de incêndio. 

É importante que estejam em perfeito estado de conservação e funcionamento, e que sejam devidamente distribuídos pelo local, conforme estabelecido no roteiro para elaboração de projeto de prevenção de combate a incêndio e pânico.

Regularização do roteiro para elaboração de projeto de prevenção de combate a incêndio e pânico

Para que o roteiro para elaboração de projeto de prevenção de combate a incêndio e pânico seja efetivo, é necessário que ele esteja em conformidade com as normas e regulamentações estabelecidas pelos órgãos competentes. 

Assim, para a regularização do projeto, é necessário realizar uma série de procedimentos junto aos órgãos e com o apoio profissional - visto que variam de acordo com a localidade e o tipo de estabelecimento. 

Em geral, é necessário obter o alvará de funcionamento e o certificado de aprovação do corpo de bombeiros, que atestam que o local está em conformidade com as normas de segurança.

Por isso, o suporte técnico é determinante para o sucesso do projeto e para a segurança da sua empresa.

Elaborar um roteiro para elaboração de projeto de prevenção de combate a incêndio e pânico pode parecer complicado, mas com a ajuda da BJ Engenharia de Incêndio, você pode garantir a segurança do seu imóvel. 

Nossos profissionais especializados estão prontos para ajudá-lo em todas as etapas. Por isso, entre em contato conosco agora mesmo para saber mais sobre nossos serviços e agendar uma consulta

E lembre-se: investir na prevenção e combate a incêndio e pânico é uma ação responsável e necessária para proteger a vida das pessoas e preservar o patrimônio.

Sobre o autor

Departamento de atendimento ao cliente na BJ Sistema de Incêndio

Redes Sociais:


  • Rio de Janeiro
  • São Gonçalo
  • Duque de Caxias
  • Nova Iguaçu
  • Niterói
  • Belford Roxo
  • São João de Meriti
  • Campos dos Goytacazes
  • Petrópolis
  • Volta Redonda
  • Magé
  • Itaboraí
  • Mesquita
  • Nova Friburgo
  • Barra Mansa
  • Macaé
  • Cabo Frio
  • Nilópolis
  • Teresópolis
  • Resende